Apagão no Nordeste e os Supermercados em Fortaleza

Supermercado em Fortaleza redobra atenção e mantem qualidade do atendimento mesmo durante apagão

O apagão no Nordeste, ocorrido no dia 21/03/2018, por volta das 15 horas, deixou toda cidade de Fortaleza e grande parte do Nordeste sem energia elétrica.

Primeiramente não se sabia o que havia ocorrido de fato, se era algo isolado ou se os demais bairros de Fortaleza haviam sido atingidos.

Congestionamentos e trânsitos foram registrados nas principais avenidas da capital cearense, o que dificultou a volta pra casa.

Outro contratempo aconteceu na Unidade de Pronto Atendimento do Autran Nunes, onde o gerador elétrico ficou sem funcionar durante todo o apagão.

Mesmo com a queda de energia, as lojas do Centerbox Supermercados funcionaram normalmente, mesmo durante as 5 horas sem energia.

No início os clientes tiveram alguma dificuldade, mas que logo foi sanado, contou a gerente de operações, Daniele Mesquita.

O comércio de Fortaleza

Todo o comércio de Fortaleza foi pego de surpresa, inclusive alguns estabelecimentos fecharam as portas mais cedo, devido à falta de energia e água. Ainda segundo a Autarquia Municipal de Trânsito (AMC), a rede semafórica de Fortaleza, composta por 850 sinais tiveram 670 deles atingidos pelo apagão. Após restabelecimento da energia, 92% dos semáforos voltaram a funcionar normalmente.

O que as autoridades disseram do apagão no nordeste:

O apagão do Nordeste, segundo as autoridades ainda não pode ser explicado ao certo, pode ter sido pane no sistema ou defeito no sistema hidráulico. Ainda estão avaliando mais profundamente o caso.

O superintendente da Chesf diz que o caso aconteceu por causa de um problema no trajeto que a energia faz após sair das hidroelétricas. Segundo o Operador Nacional de Sistema Elétrico (ONS), as causas do corte de energia foram queimadas no estado do Piauí que afetaram duas linhas de transmissão. Porém nada confirmado oficialmente ainda.

Evidentemente as autoridades precisam rever o que ocorreu, pois os prejuízos foram incalculáveis. Muitos comerciantes perderam seus estoques, pois algumas mercadorias perecíveis necessitam de refrigeração 24horas.

Investigações sobre as causas do apagão no Nordeste devem demorar 6 meses

O diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica Tiago de Barros Correia avaliou que a investigação sobre as causas do apagão no Nordeste ocorrido na quarta-feira, 21, nas regiões Nordeste e Norte, e em menor escala, na região Sudeste, devem levar cerca de seis meses.

Segundo ele, a agência pode inclusive decidir por não punir as empresas envolvidas.

Ainda segundo Correia, somente após o relatório final do Operador Nacional do Sistema (ONS), previsto para ser apresentado em até 15 dias, a Aneel inicia o processo de apuração de responsabilidade.

 

Pedimos desculpas a nossos clientes por qualquer transtorno que possa ter ocorrido nas lojas do Grupo Centerbox Supermercados.

Saiba mais no G1.COM

Ofertas para você, clique aqui 

Apagão no Nordeste, porém mantemos nossa qualidade no atendimento. OFertas Centerbox Supermercados em Fortaleza

Atividades Físicas ajudam a manter a saúde

Atividades Físicas ajudam a manter a saúde

Tenha mais saúde, pratique atividades físicas e comece a ter uma alimentação mais saudável. Estudos revelam que pessoas que praticam Atividades físicas […]