Agora vamos te ajudar a economizar na hora de fazer supermercado!

Uma das formas mais eficazes de fazer sobrar um pouco de dinheiro no fim do mês é economizar no supermercado. É nas compras de itens de alimentação, higiene pessoal e limpeza que gastamos boa parte de nossa renda e, com pequenas mudanças nos hábitos de consumo e alguns truques simples, é possível diminuir essa conta sem deixar de consumir o essencial.

Tanto as famílias que fazem compras mensais, enchendo o carrinho a cada ida ao mercado, quanto aquelas que preferem realizar várias visitas por semana estão sujeitas a cometer erros e cair em armadilhas que podem facilmente ser evitadas.

Se você quer economizar no supermercado nas próximas compras, confira algumas dicas infalíveis para sair do caixa com uma conta menor.

1. Faça uma lista

Uma compra de mercado mais econômica começa dentro de casa. Antes de sair, faça uma lista organizada, em que constem todos os itens necessários. Olhe nos armários e na geladeira e marque o que está faltando ou que está próximo de acabar. Anote não só o que precisa ser comprado, mas também a quantidade necessária para cada item e, por fim, e agrupe os itens por setor.

Uma lista bem-feita traz diversas vantagens. Com ela, você não comprará produtos de que não precisa ou, mesmo se necessário, você vai comprá-lo na quantidade certa. Seguindo as anotações pela ordem, você também evita circular por corredores sem necessidade, ficando menos sujeito às compras por impulso.

2. Fique de olho nas promoções e economize

Saber o preço médio dos produtos que a família costuma consumir é uma boa maneira de economizar no supermercado. Conhecendo o valor normal de cada item, você conseguirá perceber as variações de preços e aproveitar quando uma promoção anunciada for realmente vantajosa.

Mas atenção: é importante fazer as compras prestando atenção a promoções e descontos pontuais, oferecidas naquele dia. No caso das promoções que envolvem quantidade de itens (tipo leve 1, pague 2 ou semelhantes), divida o valor total pelo número de itens e veja se realmente compensa.

3. Olhe também as prateleiras de cima e de baixo

Na hora de escolher um produto e comparar preços e marcas, não deixe de conferir também as opções colocadas nos níveis mais altos e mais baixos. Os mercados costumam posicionar as marcas mais conhecidas nas prateleiras do meio, que ficam na altura dos olhos e das mãos, deixando os itens mais econômicos perto do chão ou no topo.

4. Defina um valor limite para suas compras

Se o orçamento está apertado e é necessário economizar no supermercado, defina um valor máximo a ser gasto no mercado e não o ultrapasse. Leve uma calculadora e vá somando tudo o que for colocado no carrinho, sempre de olho no limite. Esse controle ajuda a realizar as compras de forma mais criteriosa e impede a família de entrar no vermelho.

5. Não vá com fome, você vai acabar gastando mais

Acredite: se vamos ao supermercado com fome, gastamos mais. Quando está de barriga vazia, o consumidor se torna um alvo fácil para estratégias de marketing, imagens sedutoras e aromas estimulantes e acaba comprando mais alimentos (muitos deles supérfluos) ou em maior quantidade do que realmente precisa.

6. Evite levar as crianças

Nem sempre é possível, mas deixar de levar as crianças para as compras no supermercado ajuda a diminuir a conta. Os pequenos são atraídos por muitos estímulos e pedem, por impulso, diversos produtos supérfluos sem ter nem ter ideia de quanto custam.

Seguindo essas regras, economizar no supermercado não será mais um desafio para a família. Em pouco tempo, essas atitudes estarão incorporadas ao dia a dia e o resultado virá naturalmente no fim de cada mês. Quer mais dicas como essas? Então, acompanhe nossas postagens no Facebook, no Instagram e no Youtube.