A pele do bebê é diferente da dos adultos. Isso porque ela é mais fina, tem menos pelos, as glândulas de suor são imaturas e as células que produzem coloração estão em menor atividade. Devido a isso, a pele dos pequenos é mais sensível e está mais propensa a alergias, aos efeitos da luz solar e ao calor. Assim, os cuidados com a pele do bebê devem ser constantes para evitar irritações, assaduras e descamações.

Além disso, por ser bastante fina, a derme costuma absorver muitas substâncias, sejam elas tóxicas ou não. Logo, é preciso ter cuidado com os produtos aplicados, pois os pequenos podem desenvolver feridas ou bolhas ao serem expostos a produtos químicos e ao calor.

Neste post, vamos apresentar 5 cuidados com a pele do bebê que são essenciais. Confira!

1. Aplique hidratantes sem perfume

Para manter a pele do seu bebê saudável, é importante aplicar hidratantes sem perfume, com ingredientes como vaselina ou óleo mineral. Caso você não saiba qual escolher, peça ajuda ao pediatra do seu pequeno.

Além disso, continue usando o mesmo hidratante que você escolher para que a pele do bebê não tenha que se adaptar às diferentes misturas de produtos e ingredientes.

2. Proteja o bebê do sol

Quando o bebê é recém-nascido, ele não pode usar protetor solar, pois a pele é sensível e o produto pode irritá-la. Por isso, proteja-o do sol com bonés, roupas de manga e coberturas para carrinhos.

Quando o pediatra autorizar, invista no protetor solar para proteger a criança ainda mais da ação do sol.

3. Evite o uso excessivo de sabonetes e shampoos

A água do banho deve ser morna, pois evita irritações e acalma a criança. Em períodos de calor, você pode dar mais de um banho no bebê para que ele se refresque.

Entretanto, o ideal é usar o sabonete apenas uma vez ao dia, para não retirar a película protetora de gordura do corpo. Além disso, use shampoos e sabonetes próprios para a pele da criança.

4. Escolha bem o tecido das roupas

A escolha do tecido da roupa da criança é importante para evitar que o bebê desenvolva alergias. Assim, evite panos que possam acumular poeira, como veludo, soft, plush e lã. Tecidos como moletom, flanela e algodão são mais adequados para os pequenos.

Além das vestimentas, esses tipos de tecidos devem ser usados nas roupas de cama, lençóis e fronhas do bebê.

5. Utilize produtos adequados para lavar a roupa do bebê

A pele do pequeno pode ser sensível a produtos químicos e ao sabão residual. Por isso, algumas dicas devem ser levadas em conta na hora de lavar as roupas do bebê, como:

  • utilize um detergente suave;
  • lave o lençol e todas as roupas antes do bebê usá-los;
  • lave a roupa do neném separada das outras roupas.

Além disso, utilize produtos antialérgicos e sem perfume.

Como vimos, os cuidados com a pele do bebê são muito importantes para mantê-la sempre hidratada e livre de assaduras e irritações. Por isso, utilize os produtos adequados, evite o uso excessivo de hidratantes com perfumes e proteja o bebê do sol, diariamente. Com isso, a pele do seu pequeno ficará sempre macia e saudável!

Gostou do nosso conteúdo e quer continuar aprendendo? Então veja como fazer as crianças comerem frutas e legumes!