Você com certeza já ouviu falar que os vinhos podem ser harmonizados com os alimentos, certo? Mas, no post de hoje trazemos para você uma novidade: a harmonização de cervejas.

Muita gente não sabe, mas existem vários tipos de cerveja, cada uma com métodos de fabricação, ingredientes e sabores distintos. É por isso que essa bebida tão apreciada pelos brasileiros pode ser consumida de maneira especial até mesmo por quem não tem muito conhecimento sobre o assunto.

Quer saber mais sobre a harmonização de cervejas e conhecer algumas opções para adotar no seu dia a dia? Então, continue a leitura!

Princípio da harmonização de cervejas

Antes de apresentarmos os tipos mais comuns de cerveja e com quais pratos elas podem ser combinadas, é importante entender que as harmonizações podem ser de três naturezas:

  • por corte: quando os elementos da cerveja “quebram” a gordura do prato;
  • por contraste: quando as diferenças de sabores entre o prato e a bebida proporcionam novas experiências;
  • por semelhança: quando a cerveja e o alimento têm sabores semelhantes, que são valorizados.

Agora que você já sabe desse princípio, vamos partir para algumas dicas de harmonização de cervejas.

Pilsen

Esse é o tipo de cerveja mais consumido no Brasil. Ele combina com pratos leves porque temperos e sabores intensos podem anular o seu sabor suave.

Alguns alimentos são ideais para servir com esse tipo de cerveja, como azeitona, mandioca, nozes, castanhas, amendoim. Alguns peixes e frutos do mar também combinam com a Pilsen, mas lembre-se que é indicado escolher opções com sabor bem suave.

American Pale Ale

Essa categoria é composta por cervejas um pouco mais amargas, o que deixa a harmonização da American Pale Ale (APA) muito versátil. Para surpreender em sabor, a dica e apostar em alimentos mais fortes e temperados.

As opções são variadas: carnes, frutos do mar, frituras, calabresa e alimentos bem apimentados, como chilli e taco, vão muito bem com as APA.

IPA

As cervejas do tipo Indian Pale Ale (IPA) são bem amargas, já que há grande quantidade de lúpulo em sua composição. Por isso, combinam bem com alimentos bem temperados e ricos em gordura.

Se você deseja fazer uma boa harmonização com IPA, o churrasco é uma ótima pedida. Aposte em carnes como bisteca, costelinha de boi e linguiça. Pizzas e queijos fortes também dão muito certo com a cerveja tipo IPA.

Weiss — cerveja de trigo

A harmonização com esse tipo de cerveja é um pouco mais complexa. Nesse caso, é possível adotar o princípio de não optar por alimentos com temperos muito fortes. Por outro lado, a pimenta é uma opção que cai muito bem com Weiss.

Escolher comidas mexicanas, saladas leves e petiscos como quibes, pastéis e salame é uma ótima estratégia para não errar na harmonização.

Malzbier

Quem aprecia uma cerveja escura não pode deixar de experimentar a harmonização de uma Malzbier com sobremesas. Como ela é levemente adocicada, com aroma característico de caramelo, essa combinação é muito apreciada. Chocolates, sorvetes, cheesecakes e tortas de frutas vermelhas são excelentes opões.

Como você viu, não precisa se esforçar muito para começar a fazer a harmonização de cervejas com alimentos do dia a dia e, até mesmo, na sua própria casa. Com um pouco de criatividade, é possível elevar os sabores a outro patamar!

Quer continuar aperfeiçoando os seus dotes na cozinha? Então, confira também quais são os melhores temperos para cada tipo de carne e surpreenda seus convidados!